Como foi minha experiência para tirar Visto Americano .

20 de abril de 2015
   .Oi pessoal tudo bem ?! Hoje vim contar um pouquinho como foi a minha experiência ao tirar o visto americano.  Quem acompanha o blog sabe que em abril de 2014 fui para Paris e dei uma "esbarrada" em Londres, apesar de ser loucamente apaixonada por Paris, minha intenção de inicio era ir para os EUA e depois em outra oportunidade ir para Paris, mas vários motivos (que ao meu ponto de vista dificultava de ter nosso visto aprovado) fizeram eu mudar de ideia, e esses motivos servem como dica para vocês.
   1- Teria que tirar meu visto no final de 2013 ou começo de 2014 (caso contrario ficaria muito em cima da viagem); e em 2013 eu tinha pouquíssimo tempo de Registro na Carteira de Trabalho, isso pode parecer bobagem, mas facilita e muito o processo do visto porque comprova que você tem um vinculo com o país (um motivo a mais pra voltar). E como meu marido é autônomo, os dois sem registro em carteira dificultaria e até poderia "não ser visto com bons olhos".
 2- A maior parte da renda familiar que temos vem do meu marido e como disse anteriormente ele é autônomo, ou seja, não tem Comprovante de Renda e a minha renda não seria o suficiente para "bancar" duas pessoas em ferias nos EUA .
   3- Eu moro junto com meu marido a quase 7 anos, mas casados mesmo no papel só fazem 3 anos (na época em que pensamos em tirar o visto só tínhamos 2 anos de casados) e ser Recém Casados e sem filhos também é algo que diminui os vínculos com o país.
  Resumindo tudo isso, não tínhamos "motivos nem vínculos" que nos "prendesse" no Brasil.

   E agora a experiência do visto:
   Primeiro queria contar rapidamente como foi a entrevista da minha prima, ela tem 32 anos, é divorciada e não tem filhos. O cônsul perguntou para qual lugar dos EUA ela iria, o motivo da viagem, quanto tempo iria ficar, se ela trabalhava e a quanto tempo estava na mesma empresa e pronto. Seu visto foi aprovado. Super rápido, fácil e simples.
   Agora a nossa experiência foi bem diferente.
   Fomos entrevistados por uma mulher, bem simpática e "investigativa" (quando a entrevista é familiar, todos vão juntos), ela me fez algumas perguntas como: Se eu trabalhava, com o que, a quanto tempo, meu salário, pra onde iriamos e por quanto tempo iriamos ficar lá, eu respondi todas aparentando tranquilidade, mas confesso que por dentro estava meio nervosa e ansiosa. Mas até aqui ok, quando chegou a vez do meu marido ela meio que "encasquetou" na dele. Meu marido como disse não tem comprovante de renda, a única comprovação de renda dele é a movimentação bancaria e faturas de cartões de credito, ela fez praticamente as mesmas perguntas que fez pra mim pra ele tudo de novo, e queria saber mais sobre o trabalho dele. Ela estava com uma pulga atras da orelha, (não a julgo por isso, pois afinal esse é o trabalho dela), foi então que ela fez a pergunta que nos deu um alivio . Ela perguntou se já tínhamos feito alguma viagem internacional pra onde e quanto tempo havíamos ficado no lugar. Isso (no meu ponto de vista) contou vários pontos a nosso favor, pois (imagino que passou pela cabeça dela), que nós fomos pra um país rico, com condições melhores do que o nosso, mas mesmo assim voltei no tempo certo, acho também que ela percebeu que a nossa intenção era apenas o turismo e depois dos 5 minutos mais tensos do ano de 2014, ela sorriu e me disse seu visto foi concedido, boa viagem :) ... Ela  também nos perguntou se realmente éramos casados ou se só morávamos juntos, eu respondi que éramos casados e ela pediu a certidão de casamento, pois assim ela poderia comprovar que não iríamos para os EUA com casamento "arranjado" para conseguir a cidadania americana, e acho que isso também ajudou a passar essa desconfiança. 
   Esse post não é para amedrontar ninguém e muito menos para tirar a esperança de pessoas "que não se encaixam no perfil citado acima", é apenas pra contar a minha experiência e para mostrar que isso varia muito de pessoa pra pessoa e de cônsul para cônsul. Mas a minha dica maior é vá tranquila e fale a verdade, pois se você mentir você vai se complicar e isso pode acabar custando seu tão esperado visto. Agora é só curtir e Boa Viagem ...

Gostou do post ?! Então não deixe de comentar ❤ ...
Me ache também nas redes Sociais



0 comentários:

Postar um comentário